Não precisaria de pesquisas ou muito menos de índices que confirmassem a grande verdade de todos nós. Mentimos! Sim, podemos dizer que cerca de 99,9% das pessoas em todo o mundo mentem, seja um mentira boba, pequena, que não faça mal algum a ninguém, a tão conhecida “mentira branca”, da mesma forma estaríamos faltando com a verdade, mas será realmente possível viver sem mentir?
Desde da infância nos deparamos com a mentira, muitas vezes por medo de uma possível consequência ruim para si ou para o outro, ou até mesmo para tirar vantagem na situação, como por exemplo em um roda de amigos durante uma conversa em que um deles cita conhecer um lugar ou experiência que nunca foi ou viveu na tentativa de se engradecer e parecer algo que na verdade não é. Nessa situação vimos que não houve interesse algum em machucar ou denegrir alguém, apenas uma tentativa de se gabar sobre algo que não existiu.
Em uma outra situação, onde motivado pelos mais diversos motivos, a mentira é dita para prejudicar uma outra pessoa, podemos citar como exemplo quando transferimos a culpa sobre um determinado fato para uma pessoa inocente.
Além dessas situações existem aquelas onde a mentira é dita com o intuito de ajudar uma outra pessoa ou diminuir uma situação trágica fazendo com que os envolvidos se sintam um pouco mais esperançosos. Ainda assim, não se caracteriza como verdade e permanece sendo parte dos 99,9% citados anteriormente.
Nos encontramos sempre nesse dilema, porém são muitas as vezes que escolhemos a boa e velha mentirinha, o que pode não ser tão ruim assim. Com isso remetemos a pergunta inicial de nosso texto e fica claro que seria necessário mentir em certas ocasiões contato que os limites tantos seus quanto os dos envolvidos sejam respeitados para que permaneça em um âmbito saudável e não ultrapassem a limitação imposta pela sociedade.
Algumas dessas mentiras passam de forma despercebida e até mesmo inocente para nossos ouvidos, como quando citamos a estatística no inicio do texto, que cerca de 99,9% das pessoas mentem, no entanto utilizamos apenas do exagero para chamar atenção do que seria descrito em sequência, com isso temos uma nova indagação, quantas vezes você foi enganado e deixou passar certas mentiras somente por elas não serem assim tão importantes para você ou só por se apresentarem de uma forma mais suportável? Quantas vezes foi mais cômodo não procurar a veracidade de uma informação e aceitar da exata forma que nos foi passado? As respostas dessas perguntas por mais que não sejam ditas em sociedade é de conhecimento de todos. Sendo assim concluímos que as mentiras são parte fundamental da relação sadia em sociedade, não há ninguém que sejam realmente verdadeiro em tudo que fala.

ops hahaha

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s