Como escolher o cachorro ideal para cruzar com o seu?

É de conhecimento geral que o homem precisa de um companheiro, alguém que divida seus momentos e multiplique as suas experiências, e desde muito pequeno, ainda na infância nossa primeira opção de companheiro é o animal. O cão na maioria das vezes é nosso contato mais próximo da amizade e também de responsabilidades. Com isso é de extrema importância antes de você cruzar o seu cão, pesquisar e identificar algumas das características mais essências para que o acasalamento seja um sucesso. Vejamos assim alguns dos itens fundamentais que devemos avaliar:

Porte do cão/cadela

O tamanho do cão é determinado com a medida da altura do chão até região entre o ombro e a base do pescoço, assim é identificado o porte do seu animal. No entanto como a altura dos cães variam muito, mesmo sendo da mesma raça devemos escolher de preferência que o macho seja porte menor ou igual à fêmea.

Temperamento

É de suma relevância analisar o temperamento do cão que irá escolher para que sejam pais dos futuros filhotes, tendo em vista que venha a nascer com caráter calmo ou agitado, dependendo de sua escolha e preferência.

temp

Peso

Devemos examinar o peso do pet, já que algumas fêmeas que estejam acima do peso não devem acasalar em virtude do risco e complicações que podem apresentar durante a gestação, não é aconselhado também se a cadela estiver com peso a baixo da média, tendo em vista que o processo de amamentação requer bastante energia da mesma.

Idade

Esse tópico é bem variado, pois depende muito da raça escolhida para sabermos o momento certo para reprodução, mas alguns estudos levantados colocam como regra que não ultrapasse os sete anos. Depois dessa idade há a diminuição da fertilidade canina para os machos e a gestação é considerada ameaça a saúde para as fêmeas.

Saúde

Lembre-se sempre de fazer check-up dos cães para que sua saúde seja verificada e que os mesmos não tenham nenhuma doença que possa ser passada como herança para os filhotes. Assim como também que estejam todos com as vacinas em dia e verminados corretamente para que não haja nenhum risco para os cães envolvidos.

Logo, vemos o quanto temos que ter cuidado com nossos bichinhos e fazer com que todo o processo desde o acasalamento até a amamentação seja saudável e tranquila para os pais e filhotes. Cuide bem do seu animal, tome todas as prevenções possíveis e faça com que as futuras ninhadas nasçam bem e que seus herdeiros sejam pais ideias.

Consulte e sempre que possível leve seu pet a um veterinário e conclua todas as vacinas administradas e curta seu companheiro com muito carinho e amor.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s